Translate

lunes, 21 de mayo de 2012

A MENINA

O balanço balança en não tem nada alí;
Lembrança do tempo daquela menina
brincando no jardin.

Ervas creceram,a grama creceu;
Faz tanto tempo aquela menina se foi.
O balanço balança estridente,o vento
vem e varre a lembrança daquele tempo
feliz.

A menina creceu?
A menina se foi?
Ninguem sabe dizer,a vida e o tempo
a perderam de vista ;
A menina se foi sem deixar bilhete;
Sem deixar pistas.


Publicar un comentario