Translate

sábado, 18 de agosto de 2012


Te perdi em fevereiro.

Se terei esperado amanheceres enchendo o prato de moedas,

Perdendo tempo que não espera enquanto eu e fevereiro morríamos

lentamente,meu corpo me dizia; não da mais.

A noite suja e suburbana seguia exalando latidos, escondendo

putas e ladrões ,fazendo apostas sobre caixas de lixo na calçada.

Se terei esperado a lua entre luxuria e entre sonhos;

E agora de ti esqueço, te amei mais virastes um fóssil de lembranças;

Já não ficou nada,morri, morreu fevereiro...


Publicar un comentario