Translate

miércoles, 29 de abril de 2015

Inadvertido

Sera que algum dia vou conseguir nutrir o amor e passar pelas portas do tempo?
Não posso oferecer gota a gota essas lágrimas que chorei escondido, é impossível
respirar enquanto as palavras falam dentro de mim;
O coração pode mais que nós mesmos,mais talvez ainda arda em meus silêncios;
Sou uma metáfora perfeita, de uma realidade sub entendida, e morri milhares de vezes
mais ainda vivo dentro de mim,
E agora volto e visito a cada ano essa realidade que tanto preciso, tentando fugir de algum destino
convencido de mim mesmo e dos meus riscos;
Mais afinal decidi sobreviver, de cada dia nascer de novo florescendo comigo, inadvertido,
Me perdi no limite do mundo,mais quando fecho os olhos e ouço meus passos vejo e sinto
de alguma forma que vinhas andando, entre aromas que amo, entre o barro e minha infância
entre alturas invencíveis e afagos de ternura.
Sera que algum dia vou conseguir nutrir o amor e passar pelas portas do tempo?

Publicar un comentario