Translate

martes, 9 de diciembre de 2014

Saciar-me em ti

Vem comigo,porque os dias são veloces;
e minha culpa não pode ser tua última morada;
Vem comigo,porque no mar há relâmpagos e espuma
mais no mar furioso estaremos somente tu e eu.
Habitasses meu coração e meus beijos ainda não
se saciaram em ti, e quando o inverno era frio as estrelas
escondidas não morriam de dor,
Vem comigo,decifrarei o teu nome e tuas dores,
sobreviveremos pelo mundo nesse caminho secreto
Nessa noite de sonhos negros,não esqueceremos o suor que
enlouquece, nem o néctar ardente daquele último beijo.

Publicar un comentario